Execução provisória da pena após condenação pelo tribunal do júri segundo os parâmetros do habeas corpus n. 126.292/sp julgado pelo Supremo Tribunal Federal

  • Alexandre Carrinho Muniz Ministério Público de Santa Catarina
Palavras-chave: Prisão, Execução provisória da pena, Condenação, Tribunal do Júri.

Resumo

O presente artigo analisa a possibilidade jurídica de decretação da prisão após a condenação pelo Tribunal do Júri, sob a luz do entendimento – resgatado – do Supremo Tribunal Federal acerca da possibilidade de cumprimento imediato da pena após análise pelo colegiado da 2ª instância. Traça um paralelo entre a decisão tomada no HC 126.292/SP e os casos de condenação pelo Tribunal do Júri, e demonstra o limite de discussão sobre a culpabilidade, com a distinção entre a sentença proferida de forma monocrática e o veredicto prolatado pelos jurados, bem assim em relação aos efeitos quando interposto recurso contra eles. O método utilizado foi o dedutivo.

Referências

ANSANELLI JÚNIOR, Angelo. O tribunal do júri e a soberania dos veredictos. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2005.

BEDÊ JUNIOR, Américo; SENNA, Gustavo. Princípios do processo penal: entre o garantismo e a efetividade da sanção. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2009.

BONFIM, Edilson Mougenot. Curso de processo penal. 8. ed. rev. São Paulo: Saraiva, 2013.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Disponível em: . Acesso em: 11 ago. 2016.

BRASIL. Decreto n. 592, de 6 de julho de 1992b. Atos Internacionais. Pacto Internacional sobre Direitos Civis e Políticos. Promulgação. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/1990-1994/d0592.htm. Acesso em: 11 ago. 2016.

BRASIL. Decreto n. 678, de 6 de novembro de 1992a. Anexo ao decreto que promulga a Convenção Americana sobre Direitos Humanos (Pacto de São José da Costa Rica). Disponível em: . Acesso em: 11 ago. 2016.

BRASIL. Supremo Tribunal Federal. Habeas Corpus n. 68726. Relator:  Ministro Néri da Silveira. Brasília (DF), 28 de junho de 1991. Diário de Justiça Eletrônico, Brasília, DF, 20 nov. 1992c.

BRASIL. Supremo Tribunal Federal. Habeas Corpus n. 72366. Relator:  Ministro Néri da Silveira. Brasília (DF), 13 de setembro de 1995. Diário de Justiça Eletrônico, Brasília, DF, 26 nov. 1999.

BRASIL. Supremo Tribunal Federal. Habeas Corpus n. 84078. Relator: Ministro Eros Grau. Brasília (DF), 5 de fevereiro de 2009. Diário de Justiça Eletrônico, Brasília, DF, 26 fev. 2010.

BRASIL. Supremo Tribunal Federal. Habeas Corpus n. 85886, da 2ª Turma. Relatora:  Ministra Ellen Gracie, Segunda Turma. Brasília (DF), 06 de setembro de 2005. Diário de Justiça Eletrônico, Brasília, DF, 28 out. 2005.

BRASIL. Supremo Tribunal Federal. Habeas Corpus n. 126292. Relator:  Ministro Teori Zavascki. Brasília (DF), 17 de fevereiro de 2016. Diário de Justiça Eletrônico, Brasília, DF, 16 maio 2016.

CARTA DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS DA UNIÃO EUROPEIA. Jornal Oficial das Comunidades Europeias, 18 dez. 2000. Disponível em: . Acesso em: 11 agosto 2016.

CONSELHO DA EUROPA. Convenção Europeia para a proteção dos direitos do homem e das liberdades fundamentais. Disponível em: . Acesso em: 11 ago. 2016.

FRANÇA. Senado Francês. Declaração dos direitos do homem e do cidadão. Disponível em: . Acesso em: 11 ago. 2016.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS. Declaração universal dos direitos humanos. Rio de Janeiro: UNIC Rio, 2009. Disponível em: . Acesso em: 11 ago. 2016.

ROSA, Alexandre Morais da. Guia compacto do processo penal conforme a teoria dos jogos. 3. ed. rev. atua. e ampl. Florianópolis: Empório do Direito, 2016.

SOKAL, Guilherme Jales. O julgamento colegiado nos tribunais: procedimento recursal, colegialidade e garantias fundamentais do processo. Rio de Janeiro: Forense; São Paulo: Método, 2012.

TÁVORA, Nestor; ALENCAR, Rosmar Rodrigues. Curso de direito processual penal. 9. ed. 2 rev. Bahia: JusPodivm, 2014.

TOURINHO FILHO, Fernando da Costa. Prática de processo penal. 26. ed. rev. São Paulo: Saraiva, 2004.

TRATADO DA UNIÃO EUROPEIA. Jornal Oficial das Comunidades Europeias, 9 maio 2008. Disponível em: . Acesso em: 11 ago. 2016.

VALE, Ionilton Pereira do. O tribunal do júri no direito brasileiro e comparado. Porto Alegre: Sergio Antônio Fabris, 2014.
Publicado
2019-12-12
Como Citar
MUNIZ, A. Execução provisória da pena após condenação pelo tribunal do júri segundo os parâmetros do habeas corpus n. 126.292/sp julgado pelo Supremo Tribunal Federal. Atuação: Revista Jurídica do Ministério Público Catarinense, v. 14, n. 31, p. 25-51, 12 dez. 2019.
Seção
Artigos